Empréstimo: Veja como não errar na hora de pedir um empréstimo

Se você está em uma situação com acúmulo de contas, dívidas ou mesmo tem algum objetivo financeiro que precisa de um empurrãozinho para ser realizado, com certeza deve estar considerando a tomada de alguma linha de empréstimo para conseguir sair desta situação ou então realizar o seu objetivo.

Primeiramente é muito importante saber que o empréstimo é sim uma excelente ferramenta financeira, que tem muitas vantagens, porém deve ser utilizada com muita cautela, planejamento e atenção, para que a realização do seu objetivo não se torne um verdadeiro pesadelo no futuro.

Para não errar na hora de pedir um empréstimo, o primeiro passo antes inclusive de começar a procurar uma linha de crédito é realizar um planejamento financeiro completo. É fundamental entender sua renda, considerando todos os seus recebimentos e complementos de renda recebidos, em seguida realizar uma boa análise de suas despesas.

Este momento de planejamento é fundamental para além de entender seu orçamento, localizar pontos que podem ser melhorados, contas que podem ser reduzidas ou ajustadas para que seja possível além de tudo incluir também o valor de pagamento mensal que será comprometido no empréstimo.

Escolhendo a linha de empréstimo

Após um bom planejamento financeiro, o próximo passo será encontrar a linha de crédito que melhor vai atender a sua necessidade, com as melhores taxas e prazos adequados a sua realidade orçamentária.

É bom lembrar que quanto melhor a garantia oferecida a instituição financeira ou banco, melhores costumam ser as taxas de juros do empréstimo, portanto, entenda se você possui algum recurso que pode ser utilizado como garantia na operação, como aplicações financeiras, automóvel ou imóvel por exemplo.

Outro ponto de atenção é procurar por linhas vinculadas ao recebimento de seu salário, como empréstimo consignado ou vinculado, por exemplo, que também costumam possuir excelentes condições de contratação com as instituições financeiras.

Simulando o empréstimo:

Tendo definido quais são os seus bens que podem ser utilizados como garantia ou a linha de empréstimo que melhor atende a sua necessidade é a hora de comparar taxas e condições de contratação das instituições financeiras.

Não tenha pressa, a não ser que sua situação seja emergencial, não contrate a primeira proposta que você receber, as taxas de juros e encargos cobrados pelas instituições financeiras variam muito entre elas, portanto é fundamental realizar ao menos 3 cotações diferentes antes de seguir sua contratação.

Um dos caminhos mais simples para isso é a utilização dos comparadores online, existem diversos sites especializados na comparação entre instituições financeiras em operações de empréstimo.

Desta forma através de uma única cotação você receberá propostas de diversas instituições diferentes, fazendo com que você compare todas as taxas disponíveis e possa tomar a melhor decisão de contratação.

Outro ponto muito importante é sempre realizar a comparação através do Custo Efetivo Total da operação, abreviado como CET, é uma informação obrigatória em todos os contratos de empréstimo e estão incluídas, as taxas de juros, tarifas e todos os encargos envolvidos na contratação do crédito.

Deixe uma resposta