Como tomar e onde comprar Ginkgo biloba?

A Ginkgo biloba é uma planta poderosa, procurada por muitas pessoas como um método alternativo de promoção da saúde. Se você ainda não testou essa opção, deve ficar atento.

Primeiramente, verifique se você pode tirar proveito das propriedades da planta. Caso a resposta seja positiva, você acompanha abaixo todas as instruções de compra e uso do medicamento. Assim, sua saúde pode ser recuperada de modo mais eficiente. Entenda!

 

Para que serve Ginkgo biloba?

Ginkgo Biloba é o nome dado a uma planta medicinal muito conhecida e utilizada para combater os efeitos do envelhecimento. De maneira geral, podemos afirmar que essa é a principal utilidade desse medicamento natural.

Porém, ela não é a única. Uma quantidade considerável de pessoas, mesmo as mais jovens, estão usando a planta para melhorar quadros cognitivos. O efeito mais presente é a melhora na capacidade de atenção e concentração, assim como na capacidade de trabalhar a memória.

Outra finalidade muito difundida do medicamento natural é a melhoria de quadros de pressão alta, que acabam por diminuir as chances de problemas cardíacos, especialmente o risco de infarto.

Alguns outros usos do Ginkgo Biloba estão listados a seguir:

  • Melhorias em quadros de tontura
  • Diminuição da agregação plaquetária
  • Reforço para as paredes de vasos sanguíneos pequenos e grandes
  • Combate à enxaqueca
  • Melhorias em doenças brônquio pulmonares

Agora que você já sabe para que serve essa planta medicinal, vamos entender um pouco mais sobre a compra e o consumo do remédio. Assim, você já se prepara antes mesmo de procurar por ele.

 

Onde comprar o produto?

Para fazer a compra do produto, você precisa começar escolhendo o modo de consumo. Existe a possibilidade de comprar Ginkgo Biloba em forma de pó e de cápsulas. Você ainda pode optar por adquirir a própria folha da planta, mas essa opção dá um pouco mais de trabalho para o consumidor.

Uma vez feita a sua escolha, é necessário ir a uma loja especializada na venda de produtos naturais ou a uma farmácia. Comércios menores podem não disponibilizar o medicamento, mas as farmácias de grande porte costumam ter algumas opções. Há, ainda, a alternativa de comprar pela internet, em sites de venda de remédios naturais.

Os preços cobrados variam de acordo com o tipo de medicamento obtido. As cápsulas, por exemplo, são vendidas por R$ 20, em média. Algumas marcas são mais caras, cobrando até R$ 50. Se você preferir comprar Ginkgo Biloba em pó, vai gastar cerca de R$ 7 por um pacote de 100 gramas.

As folhas para chá saem em torno de R$ 5. O valor equivale a um pacote com aproximadamente 20 gramas do produto.

 

Como tomar Ginkgo biloba?

Essa é uma das dúvidas mais frequentes quando se trata do Gingko Biloba. Por ser extraído de uma planta, os pacientes costumam ficar um pouco perdidos na hora de saber mais sobre as dosagens e os horários indicados pelos profissionais.

Para tomar o medicamento, o indicado é sempre seguir as orientações contidas na bula, caso você opte pelas cápsulas. Os comprimidos de 40 mg devem ser consumidos 3 vezes ao dia. Já os de 80 mg precisam apenas do consumo em 2 vezes ao dia. Se você optar pela cápsula de 120 mg, é necessário utilizar somente 1 comprimido por dia.

Se você escolher comprar as folhas, a melhor maneira de consumo é exatamente por meio de chás. Assim como no caso dos comprimidos, a recomendação é sempre tomar antes de uma refeição. O mesmo vai para o pó, que pode ser até colocado em alimentos, como em sopas.

 

Cuidados ao consumir o medicamento

Uma grande quantidade de pacientes acha que o medicamento não requer cuidados, pois não é de origem sintética.

Na realidade, qualquer princípio ativo que promova alterações em nosso organismo precisa ser compreendido antes do consumo. Por isso, são necessários cuidados básicos antes de tomar Ginkgo Biloba.

O primeiro deles é conhecer os efeitos colaterais. Apesar da baixa taxa de incidência, o medicamento pode sim gerar reações adversas. Para evitar que isso ocorra, o ideal é sempre observar as dosagens recomendadas, fator que discutimos anteriormente.

Não exagere em tipos alternativos de produtos, como é o caso das folhas de Ginkgo Biloba. O fato de existirem produtos que não são vendidos em forma de cápsula não te dá a liberdade de ultrapassar a dosagem indicada.

Tenha em mente que, apesar disso, os comprimidos sempre são mais concentrados. Por isso, se você deseja obter resultados mais rapidamente, é indicado o consumo das cápsulas.

Por fim, não se esqueça de consultar o seu médico. Mesmo com o uso livre de receitas, ele pode te fornecer mais informações.

Agora você já possui todas as instruções para fazer inconsumível equilibrado e benéfico ao seu organismo. O que você achou do conteúdo? Ele te ajudou a esclarecer algumas questões? Comente abaixo!

Deixe uma resposta