Browse Month: janeiro 2019

DICAS SIMPLES PARA AUMENTAR O NÍVEL DE TESTOSTERONA

A testosterona é um importante hormônio masculino, responsável por determinar as características do gênero, embora esteja presente nas mulheres em pouca quantidade. Muitos atletas buscam maneiras de aumentar os níveis do hormônio para desempenho em suas atividades, ganho de massa muscular e força.

Aos 30 anos, o nível de testosterona começa a diminuir e muitos homens recorrem a suplementação, esteróides e até produtos, como o gel macho macho, para melhorar o desempenho sexual.

1. REDUZIR CARDIO CRÔNICO

Além de ser uma maneira simples de queimar calorias, a atividade física é uma ótima ferramenta para a regulação hormonal. Dependendo do tipo de atividade que você faz, isso afetará seus níveis hormonais de uma forma ou de outra.

Sabemos que o exercício aeróbico tem um grande número de benefícios para o corpo. Se você está em dúvida, fazer uma sessão de aeróbica por semana é uma boa opção se você quiser se sentir mais saudável. O problema aparece quando você abusa desses exercícios. Esse tipo de atividade faz com que os níveis de cortisol aumentem e a testosterona diminua.

É normal (e benéfico) que os níveis de cortisol (hormônio do estresse) aumentem durante e após o treinamento. Mas o cardio prolongado faz com que esses níveis cresçam cronicamente e isso é realmente prejudicial.

2. ELIMINE O AÇÚCAR E AS FARINHAS REFINADAS

Caso você tenha poucos motivos para deixar açúcar e carboidratos refinados de sua dieta aqui é mais um:

Foi observado que ocorre uma diminuição significativa no nível de testosterona livre, após uma ingestão de glicose. Sempre priorize carboidratos complexos com menor carga glicêmica e seu nível de testosterona não irá diminuir. Minimizar bebidas açucaradas, produtos processados e farinhas refinadas, será benéfico para sua saúde e hormônios.

3. REDUZIR O CONSUMO DE ÁLCOOL

É possível que, em quantidades moderadas e esporádicas, o álcool não tenha efeitos negativos sobre a produção de testosterona. Pode até mesmo ajudar a elevar os níveis de maneira oportuna, mas a ingestão habitual de bebidas alcoólicas pode ter efeitos devastadores em sua testosterona.

O consumo habitual de vinho e cerveja pode contribuir para o aumento do estradiol (hormônio sexual feminino) em alguns homens.

Evite o álcool em todas as suas formas, não é verdade que o seu consumo com moderação é bom para sua saúde. Os benefícios mínimos que um copo de vinho pode ter, não compensam todos os aspectos prejudiciais do álcool. A indústria do vinho fez um ótimo trabalho promovendo as propriedades benéficas do vinho, mas ainda é uma bebida alcoólica.

Outra questão é o que significa moderação. Para algumas pessoas, pode ser tomar um copo de vinho no fim de semana. Para outros, pode ser um copo de vinho todos os dias com comida. 

 Certamente, uma bebida de vez em quando não faz mal a você, mas não há quantidade que possa ser considerada benéfica.

4. MANTENHA SUA GORDURA CORPORAL EM NÍVEIS SAUDÁVEIS

Baixos níveis de testosterona aumentam a gordura corporal e os altos níveis de gordura diminuem a testosterona. Mas, não apenas altas porcentagens de gordura prejudicam seu nível de testosterona. Quando a porcentagem de gordura corporal atinge níveis muito baixos, a produção de testosterona também sofre.

Um exemplo claro são os fisiculturistas que estão em período competitivo, atingindo níveis de gordura abaixo de 5%. Seu corpo está mais marcado e definido do que nunca, mas seus níveis hormonais estão em seu pior momento.

Quando seus níveis de gordura corporal são tão baixos, a prioridade para o seu corpo é garantir sua sobrevivência. Seu corpo não consegue pensar em reproduzir quando sente que sua vida está em perigo.

O mesmo acontece nas mulheres quando atingem percentuais muito baixos de gordura. Um dos primeiros mecanismos de defesa do organismo feminino nessas situações extremas é parar a ovulação (amenorréia).

A melhor coisa para a sua saúde e seus hormônios é manter níveis de gordura corporal baixos, mas não extremos. Entre 8% e 16% se você é homem ou entre 17% e 23% se você é mulher, esses podem ser um bom intervalo de referência.

Blog lá Folia – Dicas de Saúde e Beleza

Dicas para desenvolver um plano de aula Bem sucedido

 

Em uma base regular, as empresas preparam sessões de treinamento para desenvolver as habilidades de seus funcionários. Se o seu patrão atribui a tarefa de preparar e entregar uma sessão de treinamento para você, aqui estão algumas dicas que ajudarão você a oferecer treinamento superior:

Desenvolver habilidades de treinamento

Dica 1: avalie o público-alvo

Antes de começar a preparar as informações que você planeja entregar, você precisa avaliar seu público. Nesse processo, você deve reunir informações relevantes sobre os participantes do treinamento, por exemplo, como eles estão familiarizados com o assunto, sua idade, gênero e diversidade cultural.

Além disso, ao desenvolver seu material, você precisa considerar os estilos de aprendizagem de seu público. Existem três estilos principais de aprendizagem: visual, auditivo e cinestésico-táctil.

Os aprendizes visuais precisam ver sua linguagem corporal e expressões faciais, bem como examinar conteúdos gráficos, como gráficos, mapas e fotos, para compreender o material de seu treinamento. Este é um método preferido por usuários mais antigos e mais experientes. Os alunos auditivos preferem ouvir palestras, em vez de assistir. Finalmente, o aprendizado tátil é uma abordagem mais prática; é preferido por funcionários mais jovens e menos experientes. Esse treinamento foi muito utilizando pelas aulas do Pronatec 2019 MG, e os alunos se interessam cada vez mais pelo formato da aula.

Dica # 2: preparar metas de treinamento

Para definir as metas que você pretende alcançar por meio desse treinamento, você deve levar em consideração as necessidades de seus stakeholders (colegas de trabalho e empregadores). Para determinar seus objetivos, use as seguintes perguntas:

Quem está sendo treinado?

Isso ajudará você a identificar o nível que você deve atingir.
Um único assunto pode ser apresentado de forma diferente para usuários básicos, superusuários ou pessoal de nível C.
Quais são os objetivos desta sessão de treinamento?

Você precisa conduzir uma análise de necessidades para determinar os objetivos desse treinamento.
Pergunte a seus empregadores e colegas de trabalho quais benefícios eles esperam de seu treinamento e quais são os conhecimentos de que eles mais precisam para se destacar em seu trabalho.
Existe uma mudança futura que requer esse treinamento?
Você deve saber se as novas tendências do setor estão impulsionando o desenvolvimento da classe.

Isso ajudará você a determinar a direção do seu curso.

Além disso, você poderá estimar quanto tempo terá para treinar seus colegas antes que a mudança seja implementada; Assim, você pode decidir projetar um curso de treinamento ou ampliar o assunto em várias sessões de treinamento.

Dica # 3: Organize suas informações

Para entregar uma sessão de treinamento eficaz, você precisa ter certeza de um aspecto: organização. Você deve se certificar de que sua entrega é organizada desde o início de sua sessão de treinamento até o final. No começo, dê aos seus participantes uma visão geral dos objetivos da sessão de treinamento em termos simples.

O próximo passo é entregar seu treinamento. Dependendo do tipo de treinamento que você fornecerá, seu material deve fluir de uma destas maneiras:

Cronológico : Um fluxo cronológico será uma opção melhor se você estiver cobrindo aspectos relacionados ao tempo. Por exemplo, se estiver discutindo métodos técnicos, você pode começar com o mais antigo e seguir para o mais recente.
Sequencial : seguir um padrão seqüencial permitirá que suas informações fluam de maneira lógica. Por exemplo, você pode começar explicando os diferentes aspectos de um problema e depois explicar sua solução.

Ponto-contraponto : Esta técnica enfatiza a apresentação de dois lados diferentes de um problema. Por exemplo, você pode explicar os benefícios de um aplicativo de software e depois contê-lo mencionando seus efeitos negativos.

Independentemente do método escolhido, certifique-se de que a seqüência de aprendizado seja sensata, o que significa que todas as informações que você compartilha devem estar obviamente relacionadas entre si. Além disso, inclua exemplos do mundo real, pois eles ajudarão as partes interessadas a se conectarem facilmente com seu material de treinamento.

Organizando o seu material, você será capaz de gerenciar efetivamente o seu tempo. Assim, você pode ter vários minutos no final de seu treinamento para resumir os pontos e objetivos de seu treinamento, bem como fazer perguntas para garantir que sua mensagem seja transmitida.

Dica 4: abordar estilos de aprendizado

Anteriormente, você avaliava o público para determinar quais estilos de aprendizado eram mais adequados para eles. Agora, você precisa preparar como pretende abordar esses estilos de aprendizagem. As formas mais eficazes para cada um estão listadas abaixo:

Visual : A maneira como você posiciona seu público-alvo é importante porque ele quer vê-lo sem obstruções visuais. Você pode usar um pódio ou um palco para que todos possam ver suas expressões faciais e movimentos. O uso de diagramas, gráficos, transparências e até folhetos pode ajudar sua mensagem a alcançar seu público de maneira eficaz.
Auditivo : você precisará ter um bom conjunto de alto-falantes e um microfone claro para garantir que todos possam ouvi-lo facilmente.
Cinestésico – Tátil : Para essa abordagem, você deve se certificar de que possui todos os aparatos necessários para o seu conjunto de atividades. Além disso, verifique se você tem equipamentos extras para o caso de mais pessoas se interessarem pelo seu treinamento e quiserem participar.

Dica 5: desenvolva imagens poderosas

A melhor maneira de manter seu público cativado pelo seu treinamento é usar palavras e gráficos poderosos que os ajudam a criar imagens mentais. Provocar a imaginação de seus colegas de trabalho e empregadores irá ajudá-los a se relacionar mais com seu treinamento e aproveitar ao máximo isso.

Dica nº 6: escolha a mídia apropriada

Para tornar seu treinamento um sucesso, você precisa escolher uma mídia que seja mais eficaz. Aqui estão algumas das melhores mídias para treinamento junto com seus prós e contras:

Apresentações em PowerPoint : Este método é conhecido por aumentar a concentração de uma audiência em 43%, melhorar a comunicação, melhorar a percepção do seu colega de trabalho sobre suas habilidades e aumentar sua confiança. Por outro lado, esse método é inútil para processos detalhados, exigirá o uso de outros dispositivos (LCDs e projetores) e pode alienar o público.

Flip Charts : Se você está procurando uma maneira barata de transmitir sua mensagem, então é isso. Flip charts também são portáteis, fáceis de visualizar e permitem que você interaja com seu público. No entanto, a desvantagem desse método está em sua inadequação para grandes grupos e para apresentadores com caligrafia ruim ou má ortografia.

Slides do projetor : o Slides lhe dará a vantagem de parecer profissional, além de ajudá-lo a lidar com grandes grupos. No entanto, eles não se adequam aos funcionários mais jovens porque são muito formais e não permitem interação.

Vídeos : o uso deles pode ajudar você a gerenciar grupos grandes ou pequenos. No entanto, os vídeos custam à sua empresa mais dinheiro porque precisam de equipamentos especiais, como videocassetes, telas e projetores.
Dependendo das prioridades da sua empresa, você pode escolher qualquer uma delas depois de medir seus prós e contras.

Dica # 7: Pratique, Pratique, Pratique

O velho provérbio “A prática leva à perfeição” é verdade neste caso. Você deve repassar seu treinamento mais de uma vez para descobrir partes estranhas e fatos irregulares. Além disso, praticar seu material reduzirá seu nervosismo, ajudará você a administrar seu tempo e motivará você a começar.

Dica # 8: Prepare o Ambiente de Aprendizagem

Para que seus colegas de trabalho aproveitem ao máximo o treinamento que você projetou, é necessário preparar o ambiente de aprendizado usando os seguintes indicadores:

Mantenha-se afastado das distrações – Se você estiver conduzindo o treinamento em sua empresa, certifique-se de que seus colegas de trabalho estejam em uma sala que não resulte nos sons da sua organização movimentada.
Prepare Materiais Necessários – Certifique-se de que seu equipamento esteja em funcionamento e verifique se há lápis, papéis e outros aparelhos que seu público possa precisar.

Verifique os arranjos de assentos – Descubra como as cadeiras são confortáveis ​​e repasse o plano de assentos para determinar se você e seu material de apresentação estarão visíveis ou não.

Dica 9: Mantenha o público interessado

Sempre certifique-se de que seu público esteja atento e envolvido, ou então sua sessão de treinamento falhará. Usando exemplos da vida real e perguntas instigantes, você pode facilmente fazer com que seus colegas de trabalho se concentrem no que você está ensinando.

Dica # 10: lidar com perguntas e respostas de forma eficaz

As sessões de perguntas e respostas são a parte mais importante do seu treinamento; Assim, você deve se preparar para eles de antemão.

Pense nas perguntas que você pode ter que enfrentar e preparar suas respostas. Antes de entregar seu treinamento, informe aos participantes se você espera perguntas durante ou após a apresentação. Finalmente, quando você responder a perguntas, certifique-se de repetir a pergunta para todos ouvirem e, em seguida, responda de forma concisa enquanto mantém contato visual com o questionador.